Pais / E.E.

Os pais/Encarregados de Educação (E.E.) de crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE) vêem à sua frente muitos desafios e situações difíceis para ultrapassar. Quando confrontados com um filho NEE, as relações familiares tendem a fortalecer ou desintegrar por completo.

Após algum choque inicial mesclado com sentimentos de culpa, surge tendencialmente a super protecção. O desejo de protecção contra o fracasso e a rejeição de terceiros. Esta atitude impede a existência de situações que necessitem de resolução de problemas e tomada de decisões por parte da criança. Assim, não são vividas situações comuns à idade comprometendo um desenvolvimento pessoal normal.

Os pais/E.E. devem ser acompanhados e devem aprender a aceitar os desafios que uma criança NEE coloca. Cada pessoa e indivíduo são diferentes, e para todas as pessoas envolvidas na educação de uma criança diferente deve ser criado um ambiente positivo. As qualidades, pontos fortes e talentos devem ser trabalhados para criar uma consciência individual da criança positiva.

Segundo a UNESCO (2001), referindo-se ao papel das famílias considera que:

a) a participação das famílias e das colectividades é fundamental para assegurar uma educação de qualidade para todos;

b) a educação também diz respeito as famílias e das colectividades que podem contribuir de diversas formas

c) o envolvimento é um processo gradual assente na confiança

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s